segunda-feira, 21 de maio de 2018

Que noite...

Este Síndrome Vertiginoso está a dar cabo de mim...que noite que passei, sem dar por isso ao mudar a cabeça de posição na cama vinha uma tontura que me fazia gemer de aflição, juro que várias vezes pensei estar a cair do tecto. Claro acordei com uma dor de cabeça terrível, agora ando por aqui sento-me, deito-me e é isto...
Mas eu tenho de "arribar" como diz a minha mãe, hoje estou por aqui, mas amanhã isto vai mudar, ai vai, vai...

Até já...

domingo, 20 de maio de 2018

Domingo tonto...

Tonturas foi coisa que hoje houve com fartura, espero que passem rapidamente que eu estou farta disto.
E hoje foi um domingo comum a tantos outros, tirando o facto de ter ido tomar um café a Alenquer e dar uma vista de olhos nas ruas enfeitadas para as Festas do Divino Espírito Santo, que eu só este ano é que dei por elas, pouco vi mas se para o ano ainda forem assim irei sem dúvida ver melhor.
Neste momento estou a ver os Globos de Ouro, é o melhor que está a dar na tv, isto para não ir já para a cama, amanhã é uma semana nova, para quem trabalha que seja uma boa semana, para quem está no Fundo de Desemprego como eu, que aproveitemos os bons momentos e pensamentos positivos para o que ainda está por vir!!!
As flores da mãe


Matei saudades do meu irmão e da minha cunhada!!!
















Que seja uma boa semana para todos nós!!!
SEJAM FELIZES!

sábado, 19 de maio de 2018

Faz oito dias...

E hoje já faz oito dias que regressei da minha Peregrinação a Fátima, ia outra vez...A minha unha caiu hoje, os pés estão quase, quase bons. Foi dia de arrumar as ofertas do grupo.
Dia de pouco fazer, dia de ver o casamento Real. Só saí há pouco para ir ao supermercado. Voltei logo para o sofá. Entre a sala e a cozinha foi mesmo dia de ronha!




Não me apetece sair, marido foi ao café, mas eu bebi em casa.
Amanhã talvez saia à tarde, mas sabe tão bem estar em casa...
Que preguiça...
SEJAM FELIZES!!!

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Sexta-feira

Hoje fiquei muito aflita ao acordar melhor dos pés, apareceram as tonturas, tive uma tontura terrível, comecei de imediato a tomar a medicação, tive mais algumas durante o dia mas já está controlado, vamos ver. Fui ao Centro de Saúde, o pé esquerdo está bom o direito tem uma bolha ainda a purgar e o dedo continua com a unha cai não cai e quando bate em algo dói, mas já me posso calçar, e já posso andar. Hoje fui com a mãe às compras, o filhote levou-nos e ajudou-nos. Acabámos a almoçar os três. A mãe está bem, eu também fico bem. 
Amanhã o marido vai andar de bike e eu fico por casa, tenho muita coisa para fazer e quero ver o casamento real!
Tenho andado a programar as férias, vão ser simples este ano, mas boas, assim o espero. E depois de muito ponderar, já sei onde quero acordar no dia dos meus 50 anos, onde quero passar esse dia e onde me quero deitar nesse dia, assim Deus me ajude. Ainda falta algum tempo, vamos ser felizes até lá!!!

Ser felizes como as papoilas!
SEJAM FELIZES!!


quinta-feira, 17 de maio de 2018

13 de Maio até hoje...

E já acordei em casa, vi a missa pela tv, mas os meus pés estão uma lástima. Fomos almoçar aos meus sogros, a minha mãe também foi, fomos comemorar o aniversário do meu sogro, 74 anos.
Foi um almoço muito agradável e voltei para descansar em casa, segunda feira fui à enfermeira do Centro de Saúde, tratou-me e mandou-me repousar o máximo possível.








Mas já estou melhor...

Saudades dos almocinhos da mãe


Ontem o filhote convidou-me para irmos ao cinema, mas para isso tivemos de durante a tarde ver o primeiro filme, adorei e ainda mais o segundo no cinema, tivemos um bom serão!!!


Hoje o dia foi de sofá!!!!


5º Dia e chegada...

E partimos bem cedo, mais do que o normal, de Amiaís de Baixo com direcção a Monsanto, subidas terríveis, sempre atrás, tirei fotos, comi fruta. Adorei Monsanto, não conhecia. continuámos depois de uma grande subida, alertaram-me que iria ter dificuldades em subir a próxima subida que deveria ir de carro, chorona que sou, desatei a chorar, mas nessa hora a maioria das pessoas com quem já tinha partilhado bons momentos decidiram convencer-me a subir, e lá fui, fui muito bem, com a bomba da falta de ar a ajudar-me e todos a gritar por mim, muito bom!!! O Henrique um companheiro que também ia muito aflito dos pés mas que neste dia puxou por mim até mais não. Sempre caminho difícil por serras, subidas e descidas. Na última paragem para almoço, já nem sei onde foi, o Henrique mais uma vez puxou por mim e disse Marina hoje vamos chegar à frente venha comigo, lá fui e cheguei no grupo do meio, ainda esperámos uns bons minutos pelo resto do grupo. Essa chegada foi muito emocionante, todos nos abraçámos e chorámos e rimos, fiquei ainda mais feliz quando vi o meu marido. Depois a parte dolorosa foi depois de estarmos parados cerca de 45 minutos, em grupo e a cantar fomos todos ao Santuário. cheia de dores, nem aproveitei essa chegada como queria. depois do santuário fomos em grupo ao orfanato onde iam dormir quem lá ficava para a Procissão, eu não, fui buscar o meu saco para regressarmos a casa. tanta gente em Fátima, as filas para tudo eram imensas, para os tratamentos, para as velas, vim embora, voltarei...a pé não sei...






























Não sei se voltarei a fazer esta caminhada, mas os meus pés sofreram muito, eu sofri muito.
Viajar em grupo não é fácil, quer sejam muitos, quer sejam poucos, há sempre gente que não ajuda ninguém, mas também encontramos almas muito boas!
A todos os que me ajudaram o meu Bem Haja!!!