sábado, 27 de janeiro de 2018

Hoje...

Bem cedo lá fui ter com a mãe, tomámos café juntas e seguimos para a Abrigada, uma aldeia do concelho de Alenquer a uma clínica com muitas especialidades, que até há em pouco tempo eu dizia que não iria lá porque para o centro, Lisboa seria onde existem os melhores médicos e todas as especialidades, pois, se mordesse a língua estava envenenada. Porque na Abrisaúde foi o único sitio onde hoje havia uma Dermatologista a dar consultas. Dr. Patrícia Chaveiro, analisou a minha mãe, mostrou-me a microscópico o que se passava dentro de cada borbulhinha da minha mãe, um ácaro, pois o que a minha mãe tem é Sarna, que é contagiosa e que ela apanhou da vizinha que ainda está hospitalizada, pois a dela é bem pior que a da minha mãe. resumindo até eu estou a fazer o tratamento, porque posso ter apanhado alguma coisa. A qualquer momento a comichão pode aparecer e as borbulhas também. Faz muita comichão, temos de colocar uma loção à noite durante três dias, no dia seguinte tomar duche e lavar todas as roupas com água a 50 graus e claro vestir outras lavadas, assim como as da cama, aspirar tudo e arejar casa. 
Ainda hoje lhe disse " tás a ver mãe, tu sem poderes foste ajudar a vizinha a tomar banho, agora olha o que nos está a custar, não só monetariamente como chatices" resposta dela, "ai filha fazia tudo outra vez, coitadinha da Rita" pronto é isto, a minha mãe é assim e eu filha dela não fico atrás porque faria o mesmo.

Resultado de imagem para sarna
imagem da net

É mais ou menos isto...
Os ácaros alimentam-se da camada de pele e vão formando umas galerias onde vivem...

1 comentário:

  1. Ainda há dias comentava com o meu pai, a propósito de uma pessoa má que conhecemos, que não compreendo como há pessoas assim: com mau fundo. Eu fui criada por gente boa, só conheci gente boa não entendo que existam pessoas más! A tua mãe é claramente uma pessoa boa, isso para mim é o normal, não aceito conviver com quem não é assim: pura.
    Infelizmente o mundo tem com certeza bastante gente má, mas felizmente tem ainda pessoas muito boas. São pessoas assim que nos fazem bem,, que passam e ensinam os bons exemplos e são pessoas destas que todos precisamos ter por perto. Eu também lá iria ajudar a D. Rita, a tua mãe está tão certa. O trabalho que isso deu depois é outra história mas é uma pessoa bonita e isso é que vale. Parabéns Marina e Mãe.

    Beijinho
    Maggie

    ResponderEliminar