domingo, 2 de julho de 2017

Pressentimento...

Ontem deitei-me bastante tarde, apetecia-me ficar por aqui, na net, a ver series na tv, enfim fui para a cama já eram mais de duas da manhã. Hoje acordei as oito e meia, mas obriguei-me a descansar mais, até as dez. Mas foi uma noite de dor, só sonhei com o meu pai, com a doença dele, a morte dele, com as pessoas que o iam ver, com momentos que se passaram mas tudo alterado pelo meu cérebro. Acordei com uma dor de cabeça imensa, estou a escrever a espera que o comprimido faça efeito para poder fazer algo em casa. Mas ao acordar vou ao telemóvel e tinha duas mensagens, uma de noticias e outra da minha cunhada, mulher do meu irmão, a dizer "Marina o meu mano já morreu". Fiquei devastada, o irmão da minha cunhada estava com muitos problemas de saúde, vários tumores cancerígenos, muitos tratamentos à mistura, mas ontem teve um AVC, tínhamos estado a falar, eu e ela a dizer que lhe acontecesse o melhor para ele e que não o fizesse sofrer. Hoje pela manhã,quando a mulher chegou ao hospital ele deu o último suspiro. 
A mãe e o pai da minha cunhada estão de rastos, claro. A minha cunhada também. Eu estou que nem sei definir, acho que os meus sonhos foram um alerta. A dor de cabeça está implantada...
Hoje vai ser um dia daqueles...desculpem o desabafo.

A vida é assim, vamos acreditar na ressurreição...


Foto de Paula Ribeiro.
Que descanses em Paz Armando...

2 comentários:

  1. Sem dúvida Marina, a crença na ressurreição foi algo que Jesus
    ensinou, evangelho de João capitulo 5 versiculos 28 e 29, bjs

    ResponderEliminar
  2. Esperemos que haja um depois.

    um beijinho, Marina

    ResponderEliminar