terça-feira, 22 de outubro de 2013

Sabem o que isto é????

Quando eu era pequena, a escola primária era a cerca de 5 quilómetros da minha casa, o caminho era a pé pelo meio de um mato e vinhas, quer fizesse sol ou chuva ninguém nos ia levar à escola, e quando chovia ficávamos todos encharcados. Quando chegávamos à escola a professora mandava-nos despir e as nossas roupas eram secas numa braseira como esta, lembro-me tão bem...
E a minha mala da escola era parecida com esta, sim ainda a tenho em casa da minha mãe, a mala e a bata, sim usava bata branca com o nome bordado a cor-de-rosa...um dia destes mostro-vos!
E vocês tinham braseira??? Ou já são do tempo do aquecedor?? Ou do ar condicionado???


Encontrei-a numa feira de antiguidades em Tomar!


9 comentários:

  1. Oh, que coisa engraçada... nunca tinha visto.

    ResponderEliminar
  2. Lembro-ma de ter o retrato do Américo Tomás, de Marcelo Caetano e de um crucifixo por cima do quadro preto.

    Tive uma mala muito parecida com a tua que dizia Freedom e o meu pai até foi chamado à Directora para explicar o porquê da palavra se tinha algum significado, lol.
    Braseira não me lembro.
    Beijinhos e obrigada por me fazeres recordar tempos da minha infância.

    ResponderEliminar
  3. Não tinha braseira, nem aquecedor e muito menos ar condicionado.
    Estudei em Angola e tínhamos , em casa, ventoinhas.
    Na escola ,abriam-se as janelas.

    Quando vim de Angola (1975) fiquei a dar aulas numa aldeia perdida numa serra e aí sim...foi-me apresentada a braseira (pior que essa), pois o suporte era um pneu!

    Tempos difíceis que desconhecia, mas dos quais tenho saudades ( da pureza daquela gente).

    Penso que para lá voltamos!!!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. A minha escola ficava na minha rua, nunca chegava encharcada às aulas e não havia qualquer tipo de aquecimento!
    Não me lembro de passar frio.
    A minha pasta era um pouco mais escura! :)

    Abraço

    ResponderEliminar
  5. A minha escola ficava a uns 4 kms de distância, lembro-me das molhas, chovia muito no inverno, e caía geada, os pés e as mãos gelavam, ia a pé como a Marina, não tinha-mos qualquer tipo de aquecimento, havia por cima do quadro de ardósia um crucifixo, todos os dias antes de começarmos a aula rezávamos um pai nosso e uma avé Maria. Apesar das dificuldades da altura tenho saudades, as pessoas eram mais unidas, mais puras.

    ResponderEliminar
  6. Como vivi sempre na cidade não me recordo de ter visto nada parecido.

    ResponderEliminar
  7. Na minha terra havia imensas braseiras, que as pessoas faziam com lenha à porta de casa, ao fim do dia. Em minha casa só houve braseiras electricas, sendo que, uma delas, uma vez provocou um incendio na sala, porque a deixamos ligada e fomos para a sala de jantar.

    ResponderEliminar
  8. A minha escola não tinha aquecedor. Havia um a gás mas era da professora e por isso estava sempre virado para ela. LOL
    Mas felizmente a minha mãe sempre foi doméstica e tinha mais disponibilidade, pelo que nos dias mais chuvosos levava-me à escola, ou acabava por apanhar boleia de outros pais. E ainda assim levava sempre outro par de meias na mochila para o caso de precisar de mudar.
    beijinho

    ResponderEliminar