quinta-feira, 23 de agosto de 2012

É só burlas...

Vivemos num pais onde quase toda a gente anda a enganar alguém, diáriamente aparecem novos burlões que tentam enriquecer de forma ilicita com esquemas em detrimento de outros que acreditam no conto do vigário e são enganados.
Acabei agora de ver nas noticias o mais recente burlão Carlos Quaresma,  o homem era intermediário da Fundação AGAPE, ( é uma organização sueca que desenvolve actividades humanitárias) e  movimentava donativos de várias instituições, apoderando-se de grande parte deles (ainda sob investigação). Este Senhor foi condecorado este ano pelo estado Português, então e ninguém investigou o homem????
É por estas e por outras que eu tenho dificuldade em acreditar em instituiçoes que supostamente ajudam as pessoas. Neste momento digo até que não acredito em nenhuma.
Desconfio de todas as pessoas que estão á frente das várias intituições ditas beneméritas, vivem todas muito bem e á conta dos voluntários que cheios de vontade de ajudar dão o que podem e o que não podem. Já para não falar no enriquecimento repentino de algumas pessoas...
Sei de pessoas que vão a uma instituição recolher alimentos todos os meses, porque supostamente são necessitados,  e diáriamente tomam o pequeno almoço no café. Como é que é feita a triagem das necessidades dessas pessoas?
Só vigaristas!
 
 

2 comentários:

  1. O país das burlas é mesmo o nosso, nojo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As pessoas estão a perder os seus valores cada vez mais.
      Só se importam com o dinheiro, é pena porque a vida é maravilhosa!

      Eliminar