segunda-feira, 5 de junho de 2017

Ele há dias...

Hoje acordei sem vontade de ir trabalhar, normal depois de um bom fim de semana...ganhei coragem, lá fui cheia de genica, mas mal cheguei, fiquei triste, eu até sei com o que fiquei triste mas não vale a pena valorizar, não é Cruz? Eu sei que para ti tudo está sempre bem e a tua grande preocupação é a malvada doença, e tu sim tens razão, eu sou uma parva chateio-me com tudo. Mas eu faço tudo pelos outros e às vezes gostava que fizessem só um pouco por mim, será pedir muito? Vou esquecer...coisas minhas. Mas depois de sair do comboio fui ver a minha mãe, gosto tanto dela...custa-me vê-la envelhecer e sofrer de tantas dores., pudera eu fazer algo. Depois vim para casa e trabalhei tanto, acabei de engomar, aspirei, dei banho ao Asterix, arrumei cozinha, tomei banho e acabei de me sentar no sofá. Volto a referir que não me apetece voltar ao trabalho amanhã, só me anima o facto de na próxima semana estar de férias. Tenho tantos planos para fazer que não sei por onde começar...
Este post parece um mar de lamentações...estúpida.
Falemos de coisas bem melhores...
Já vos contei que adoro ir a feiras de antiguidades e comprar  livros? Em Estremoz comprei estes dois...
A maluquinha de Arroios, comédia em três actos, foi representada pela primeira vez, em palco em Lisboa, no Teatro da Republica em 14 de Fevereiro de 1916.
O outro só comprei porque era mais barato comprar os dois do que um.
Sejam felizes!


1 comentário: