quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Estudantes

Decorre esta semana o inicio de muitos jovens à vida académica, o que realmente é feliz para eles, mas seria necessário tanto álcool? eu trabalho perto do Técnico, e por volta das sete, minha hora de saída, não há um ser sem um copo na mão e o cheiro que deitam é de muita cerveja lá dentro. Será a cerveja que os faz tão felizes? Hoje o metro vinha cheio, eram elas e eles com garrafas de plástico, com uma espécie de sangria talvez, que muito animadas levavam na mão, sendo que eu ia sentada e vim o caminho todo com uma encostada à cara...
Se calhar noto isto porque não andei na faculdade, nunca me embebedei, mas nunca me deixei de sentir feliz por isso, mas certo que nunca me orgulhei das "valentes bebedeiras" que todos clamam ter apanhado, será um motivo de orgulho? Para eles ou para mim?
E depois há as praxes...ah! as praxes e o álcool...
Sinto-me velha...é só assuntos novos na minha vida...

Resultado de imagem para praxes


2 comentários:

  1. Eu também não consigo entender!!!!!!!!!!!! Só álcool e figuras tristes!!!! Quando chegarem á nossa idade, é que vão sentir na pele!!!!!

    ResponderEliminar
  2. A única vez que bebi um bocadinho além da conta - 2 vodka com laranja - já trabalhava e só senti que gostava muito de todos os colega com quem estava e deu-me muito sono :) Também não consigo perceber...talvez, se não for muito além da conta, a ideia das pessoas se revelaram à noite e quando bebem, de poderem ser mais verdadeiros e descobrirem quem são os seus amigos - quem fica ao seu lado quando estão embriagados será sem dúvida seu amigo ou então muito boa pessoa...

    ResponderEliminar