sexta-feira, 24 de novembro de 2017

A fragilidade da vida...

Ontem foi o JOÃO RICARDO, um artista espectacular, um homem com 53 anos, levou-o o cancro...hoje o PEDRO ROLO DUARTE, um jornalista, que acompanhava os seus programas, em especial o Hotel Babilónia,, 53 anos, mais uma vitima do cancro. Custa saber que perdemos estas pessoas, mas quantas o cancro leva todos os dias e que nós não conhecemos...hoje fiquei muito triste com esta noticia...Não somos mesmo nada...vivemos tão pouco...

Resultado de imagem para pedro rolo duarte   
Resultado de imagem para joao ricardo
Que descansem em Paz..

5 comentários:

  1. Estranho !... os 53 anos !!! :( ... Foi nessa idade que eu o tive e felizmente tudo foi ultrapassado ! ... Ficou uma "nova visão da vida" que eu passei a encarar de um outro modo !

    ResponderEliminar
  2. Também fiquei triste. O cancro continua a matar todos os dias, e nós na nossa vida nem nos lembramos disso, só quando morre alguém conhecido.
    Descansem em paz,
    beijinho para ti Marina

    Maggie

    ResponderEliminar
  3. Também fiquei triste. O cancro continua a matar todos os dias, e nós na nossa vida nem nos lembramos disso, só quando morre alguém conhecido.
    Descansem em paz,
    beijinho para ti Marina

    Maggie

    ResponderEliminar
  4. «Para morrer basta estar vivo»... Assim respondeu o meu médico, há sete anos atrás, quando eu tive a minha paragem cardio-respiratória, e lhe perguntei... PORQUÊ, PORQUÊ?!
    Tinha eu 53 anos também.
    Vamos sempre recordar...Festejemos a VIDA.
    Tudo de bom.

    ResponderEliminar