sábado, 25 de março de 2017

Pensamentos...

Ás vezes dou por mim a pensar que efectivamente esta depressão é estúpida e o facto de me ter aparecido esta tensão arterial alta é mais estúpida ainda, analisando a minha vida friamente, não tendo a mania,  como alguém outro dia me acusou de ter um blog de uma vida sempre feliz e só coisas que chateiam de tantas coisas fofinhas, verdade, mas essa já foi corrida, para o seu blog de mentiras, de insatisfações, um dia quer, outro já não quer. Eu tenho realmente o principal para ser uma mulher feliz, vamos por partes:
- Tenho uma familia que me ama (acho)
- Tenho um filho realizado profissionalmente e sempre na procura de melhorar o seu curriculo.
- Filho que só me tem dado motivos de orgulho, ás vezes chateia-me, é verdade, teimoso que só a mãe.
- Marido trabalha, o que ganha dá para os gastos, claro que podia ganhar mais, mas...é o que há.
- Tenho uma casa paga, ah, falta o IMI...
- Tenho dois carros que só me dão chatices, verdade, o meu filho tem o carro dos sonhos dele.
- Tenho um cão maravilhoso
- Tenho uma mãe fabulosa.
- Tenho um irmão, cunhada e sobrinhos, com quem convivo pouco, feitio deles, gostam de viver mais afastados, tudo bem, amo-os na mesma.
- Tenho cunhadas, cunhados, sobrinhos, afilhados, primos, tios, amigos poucos mas muito bons, não daqueles que estão sempre a dizer se precisares de algo diz, esses não me interessam, os importantes são aqueles que tomam atitudes, aqueles que fazem algo e pensam logo, isto é bom para a minha amiga, vou-lhe dizer. Poucos, mas tenho. Outros aqueles que fazem pela calada, que até podiam achar que aquilo seria bom para mim, mas eu poderia vir a ficar melhor que eles por isso ocultam, esses, são conhecidos, não amigos.
- Tenho algum dinheirito para gastos.
- Não tenho um trabalho de sonho, mas tenho aquele que me foi proporcionado, e que até me tem feito feliz, de repente fiquei com medo de quê Marina???
- Acho que preciso mesmo de um psicólogo, de resto tenho tudo.
Portanto isto está por dias, voltar à minha velha qualidade de optimista, aquela que vê o mundo cor de rosa de vários tons, que para aqui vem dizer coisas felizes e falar de viagens e de gente feliz que até chateia os inconfortáveis, aqueles que dizem que querem sempre mais e que não se contentam com pouco como eu, ah, ah, ah!!!
A sério, acham que me falta alguma coisa? sem ser juízo certamente, algo que me impeça de ser feliz? Nah, também não me parece.
Portanto vou ali acabar a canja para o jantar, preparar o frango e cantarolar na cozinha enquanto faço estas coisas, apetece-me, sei lá!!!!

Do jardim da mummy!!!
SEJAM FELIZES, QUE EU ESTOU A TENTAR!!!

2 comentários:

  1. Às vezes, Marina, temos tudo e sintimo-nos desassossegadas. Acho que é por ter tudo... É a percepção que nos falta algo
    Kis :=}

    ResponderEliminar
  2. Eu gosto muito no teu blogue de como és positiva e parece-me que a felicidade começa por aí, em sermos capazes de sentir o que é bom nas nossas vidas. Sobre a depressão acho que já estive perto e se pode ser reactiva (porque algo muito mau sucede) também pode surgir aparentemente sem razão, por isso também é uma grande chatice. Vou estar a torcer para que consigas dar-lhe um chute e ela te passe ao lado.
    um beijinho
    Gábi

    ResponderEliminar