domingo, 28 de agosto de 2016

Nada de novo...

no meu fim de semana, normal como sempre. Mas hoje especialmente sinto-me um pouco em baixo...
Mas consegui fazer agora um telefonema que andava a adiar desde que o pai faleceu. Na altura não me senti com vontade de "avisar" algumas pessoas, não queria que sentissem obrigação de virem ao funeral. Não foi fácil, mas já está. Doeu-me bastante, não vivemos assim tão longe...mas se não me telefonam, porquê que tenho de ser eu a ligar...se calhar fiz mal, mas já está feito. 
Sinto-me mais aliviada...
Acabei de ouvir o Padre da missa da TVI dizer que comunicamos pouco, falamos pouco uns com os outros, é verdade...um mundo de laços fracos em que vivemos...que sejamos capazes de ir ao encontro uns dos outros e não fugirmos, darmo-nos uns aos outros. VERDADE!


4 comentários:

  1. Sem dúvida!
    Sinto o mesmo. Cada vez estamos mais isolados!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Bom fim de semana Marina...voltei por estes lados !!!!E sim num mundo de comunicação cada vez estamos mais longe uns dos outros!
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Assim eu penso, se não visitam a pessoa doente, depois mais nada
    é necessário, bjs amiga

    ResponderEliminar
  4. Como a compreendo...
    Ás vezes dou comigo a colocar essas questões...porque motivo tenho que telefonar quando não me telefonam? Porque motivo tenho que procurar se não me procuram? Porque motivo tenho que ir ao encontro de alguém se esse alguém não vem ao meu encontro?
    Como costumo dizer «a distância é a mesma para os dois lados».
    Boa semana, tudo de bom!

    ResponderEliminar