quarta-feira, 22 de junho de 2016

Eu juro que não queria...

Falar de futebol, nem da selecção, nem do Cristiano Ronaldo, não por não gostar, mas porque estou cansada destes temas, farta de termos a melhor selecção e não ganharmos nada. Cansada da comunicação social que espiolha ao máximo a vida do Cristiano, que não fala de outra coisa, que empolga de tal maneira a selecção a todas as horas do dia na tv, das pessoas que só vivem o futebol, acho que não é benéfico para ninguém. Mas hoje vi o que o Cristiano fez com o microfone do jornalista,se é que o é, repórter talvez, e fartei-me de rir, bem feito, juro que sou pela Paz, que se calhar ele não o devia ter feito, blá, blá, blá mas foi mais que bem merecido. Isso e o que o meu marido um dia fez com o capacete da bicicleta, mandou-o contra uma parede para evitar dar na cabeça de alguém mentiroso e falso. Sou pela Paz, mas todos temos limites.
Viva o Cristiano Ronaldo, que não tem de aguentar tudo de todos e ser sempre exemplar.


Os embasbacados dos meus colegas a assistir ao jogo e a sofrer...
Sim parámos de trabalhar, uma hora para assistir ao jogo...

Sem comentários:

Enviar um comentário