quarta-feira, 20 de abril de 2016

A sério...

Eu sei que o trabalho de telemarketing não é fácil, não me estou a lamentar, foi o que eu arranjei, faço-o com gosto porque é honesto, não engano ninguém e só o aceita quem quer. Aliás ainda hoje o disse a uma pessoa que foi muito simpática comigo ao telefone, que se nos responderem educadamente, para nós é meio caminho andado. Mas há pessoas que são de uma ignorância, sim, porque não tem outro nome que se lhe chame, total. Hoje falei com um Sr., que nem lhe devia chamar assim, de uma total arrogância que me acusou de nem saber o que estava a dizer, que era fulano xpto, e que chamasse imediatamente o meu chefe. Eu neste momento estou a contactar um determinado público, um cliente especifico de uma empresa, um Sr. como ele, deveria ter outra atitude, se eu fosse de tamanha arrogância como a dele, e nem me preocupava com o meu trabalho, estava aqui a chamar-lhe todo o tipo de nomes.
Eu sei que podemos ser incómodos, mas custa atender e ouvir a outra pessoa três minutos, cumprimentá-la e dizer se quer ou não o produto em questão? Eu sei que nem todas as pessoas o sabem fazer, porque não sabem dizer sim ou não e que dizer não é mais difícil. que ser mal educado.
A próxima vez que o telefone tocar pensem que do outro lado está alguém que também tem vida e sobretudo é um ser humano.
E ainda me chateia mais pessoas que se acham importantes, porque tem profissões supostamente prestigiosas e se acham mais que o comum dos mortais. Somos todos iguais.
Assistam ao programa da SIC, e "SE FOSSE CONSIGO", calcem os sapatos de outras pessoas, sejam educados. Não serve só dizerem-se muito amigos dos outros, fazerem doações ao banco alimentar, ajudar os refugiados, serem muito ai, ai, ai que sou bom. Mas no dia-a-dia são umas bestas para o vizinho do lado. Irra que estou zangada.
Desculpem o desabafo, mas são vários todos os dias.

Esta podia ser eu...
Resultado de imagem para call center calls teleperformance

Eu sou esta!!!!



Sem comentários:

Enviar um comentário