segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

E começou...

Mais uma semana, começou bem. Mas com muito frio, depois de um fim de semana tão mau em matéria de tempo, hoje continuou com menos chuva mas mais frio, pelo menos eu achei!
Como a mãe estava cansada de um fim de semana inteiro no hospital, ela decidiu e eu concordei, que ela não fosse hoje que eu telefonaria para saber se haveriam novidades da saída do pai, pois a médica tinha dito que se as análises estivessem boas ele sairia hoje ou amanhã. Telefonei ao meio dia, não me atenderam do piso, liguei as duas falei com a secretaria da unidade que disse ir falar com a médica e saber algo. Ligou-me de volta por volta das cinco a dizer que dentro de meia hora o pai teria alta. Ora eu estava em Lisboa apanhar transportes ou não chegar ao hospital perto das sete, certamente ia ser o caos da outra vez e o pai ia sair à pressa, sem eu falar com a médica, enfim tudo com muita pressa, de noite e ao frio. Não. Desta vez, disse que era tarde para o pai sair, e teria de ficar mais uma noite, não me custa porque o pai nem sequer sabe onde está, então porque fazer tudo assim, diz que estiveram à espera do resultado das análises, quer dizer fizeram as análises de manhã, se eu não tivesse telefonado para saber como ele estava, nem me diziam nada, depois é isto, tudo a correr. Agora estou ansiosa por amanhã de manhã, antes das nove para lá chegar e falar com a médica, ligar aos bombeiros e trazer o pai. Pobre mãe que tanto vai ter de fazer...
Vamos ver como corre e especialmente se ele não volta tão depressa ao hospital...




3 comentários: