quarta-feira, 17 de junho de 2015

Só eu...

Chegar a casa às oito e meia da noite, aproximar-me da porta do prédio e tirar a chave de casa e...nada de chave, deita-se tudo cá para fora e nada de chave, telefono para o filho, não atende. Meto-me no carro e lá vou ao sitio onde o filho estava a praticar Taekwondo, interrompo a aula, e peço a chave ao filho, peço desculpa ao Mestre e volto outra vez para casa. Resumo, cansada, e meia hora mais tarde que o normal é que chego a casa.
Enfim, já passou. Mas hoje estou mesmo cansada, trabalhar oito horas num call center pode ser muito cansativo, eu que o diga!!
Mas não posso esquecer que os senhores do metro estão de greve novamente amanhã, e pior o dia todo, não lhes fará falta o dinheiro no final do mês? Ou alguém lhes paga as horas de greve? A sério que me intriga, é que para mim não é fácil viver com o meu vencimento, quanto mais com faltas...


Vou dormir...estou exausta...mas volto amanhã...



3 comentários:

  1. Bom dia Marina!!! Parece que os sindicatos têm uma verba para pagar aos funcionários que fazem greve mas com tantas greves essa verba já quase não deve existir!

    ResponderEliminar
  2. Eles recebem pelos sindicatos, como era o pessoal da TAP! Enfim a vida está só para alguns!

    ResponderEliminar