quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Hoje...

Quando fiz o meu intervalo da tarde, ouvi uma moça que chegava para trabalhar, contar que tinha caído uma senhora na linha do comboio, com uma criança, a senhora não sobreviveu, a criança sim.
Custou-me muito.
Vim no combóio com a minha amiga L a falar de morte...pois.
Chego a casa, vejo no facebook que faleceu uma moça de 44 anos que eu conheci há um ano atrás e com quem trabalhei algum tempo, de quem até gostei bastante, cancro na tiróide que se espalhou, "cancro fulminante".
E vale a pena haver pessoas que andam constantemente com tricas e tricas, guerrinhas e chatices que incomodam tanto? A sério, estou farta disso.
QUERO SER FELIZ, E POSSO SER!
Não tenho uma vida cor-de-rosa, mas posso ter momentos, tão bons e gratuitos!!!!
Neste momento estamos em fase de poupança, não há compras de roupas, sapatos, e outras coisas, andamos a fazer mealheiro para um passeiozinho, não está fácil, mas não vamos desistir, porque a qualquer momento...ups, a vida acaba, os bens materiais ficam e nós vamos...
SEJAM FELIZES, TODOS PODEMOS SER!!!!
(adoro viver na esperança de fazer todos felizes)


BEIJOS


3 comentários:

  1. Como eu gostava que levasses a sério isso que dizes. Perdoar não é para todos. Quando o faço, faço-o de coração aberto e quando peço perdão também o faço de coração aberto. Se não sou perdoada, o problema não está em mim. De facto, não vale a pena andar com tricas e tricas. A vida acaba num instante.

    ResponderEliminar
  2. mas eu tenho alguma coisa para perdoar?
    Beijos minha amiga!!

    ResponderEliminar
  3. Infelizmente, às vezes só quando acontecem coisas más é que vemos o pouco tempo que temos e as coisas boas que já temos para dar graças. Por isso, toca a aproveitá-las!
    Bom fim-de-semana!
    :)

    ResponderEliminar