sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Na minha casa...

Há liberdade total para tudo, andamos nus se quisermos, tomamos banho juntos, comemos a ver televisão, vamos à casa de banho com a porta aberta, ralhamos uns com os outros, brincamos uns com os outros, rimos a bandeiras despregadas, andamos descalços, mas sobretudo, respeitamo-nos uns aos outros, e se algum de nós quer espaço, nem precisa de dizer.
O marido esteve a dar uma lubrificação na bike, porque esta madrugada vai para uma aventura de fim de semana, e como não há ninguém na casa ao lado nem nos dois andares abaixo de nós, anda em cuecas fora e dentro, mas cá por casa, é assim, minimalistas de roupa no Verão!
E esta semana, como estamos sós, jantamos de tabuleiro, no sofá, a ver o noticiário e a trocar opiniões!!
Se a Paula Bobone nos visse...éramos capa de revistas cor-de-rosa!!!

Cá em casa...
Não queremos vergonhas,
Falta de fé,
Falta de coragem,
Desalento,
Desunião, 
Tentamos sempre ver o copo meio cheio!
Chegámos à conclusão, que cá em casa SOMOS FELIZES!!


6 comentários:

  1. A cada um o seu conceito de felicidade!
    Não é igual para todos/as! :)

    Abraço

    Rosa dos vcentos

    ResponderEliminar
  2. O que importa é que sejam felizes....o resto são tratas. As caixas estão um must!

    ResponderEliminar
  3. Se 2+3 não tem a mesma interpretação para um físico e para um economista (já para não falar em humorista), a felicidade é e acontece em cada um de nós, da forma que nós a cultivamos. Sim, porque isto de Felicidade/ser Feliz, é uma cultura que exige muito trabalho, entrega e amor.
    Bem-hajas!

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  4. O importante é ser feliz!!!
    Beijinhos, amiga,
    Bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  5. O que importa é ser feliz, nem mais!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  6. se não podemos estar à vontade na nossa casa, com o nosso mais que tudo, onde é que vamos estar, não é verdade?? eu também sou de trajes minimalistas quando estou em casa

    ResponderEliminar