domingo, 11 de agosto de 2013

Tarde de domingo...

E o dia continuou igual à manhã...meio aborrecida.
Muito calor, o marido chegou da sua volta de bike, almoçamos e fomos para o sofá com duas ventoinhas, e assim ficámos toda a  tarde, dormimos, acordámos, vimos os ciclistas e li, li, e acabei o romance do  Miguel Sousa Tavares, Madrugada Suja.
Gostei muito, não tem nada a ver com o Equador ou Rio das Flores, até porque são romances de uma época muito mais rica, é um romance que nos vai mostrando a construção da nossa democracia desde a revolução de Abril, e o percurso de algumas pessoas iguais às que temos por aí na vida política e no mundo dos negócios, das trafulhices que se fazem para atingirem os seus propósitos, interesses pessoais e nunca os colectivos com vista ao bem estar geral. Quem ouve semanalmente as crónicas do Miguel consegue facilmente identificar as suas ideias com as do livro.
É um romance que se lê muito bem de um só fôlego, com uma escrita muito simples e fácil de entender. 
Pode escrever outro que eu leio!!!


5 comentários:

  1. Dele só li Equador e até gostei!
    Tenho Rio das Flores dado num Natal já há
    a uns anos mas ainda está em lista de espera!
    Ler é um belo passatempo!

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. De manhã ainda deu para sair mas de tarde só em casa com um calor insuportável na rua...Miguel Sousa Tavares...gostei de Equador.e vou gostando de algumas coisas esse de que falas ainda não li...mas fiquei curiosa...!
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
  3. Esse senhor escreve bem, mas embirro com ele.

    ResponderEliminar
  4. É um dos meus próximos. Mas eu adorei os outros dois.

    ResponderEliminar