terça-feira, 20 de março de 2018

Da tristeza...

Ontem não passei por cá foi um dia de uma tristeza sem fim, não sei se alguém que me lê já sentiu esta tristeza, uma tristeza interior que vem não sei de onde instala-se, faz-me perder a força que possa ter, as vontades desaparecem e fico por aqui só a vegetar. Pensei que talvez fosse por ser dia do Pai, eram só fotos dos pais, só amor pelos pais, muitas até dos pais que já não estão cá, mas que enquanto cá estiveram foram os maiores amigos, meigos e isso foi o que me deixou mais triste, não posso dizer o mesmo do meu, apesar de ter a certeza que ele fez o que achava melhor para nós, mas a falta de mimo...dói tanto...especialmente nestes dias. Que ele esteja em Paz. Entretanto cá por casa o marido não liga a dias de nada, mas o filho fez questão de nos convidar para jantar por ser o dia do pai, assim foi soube-me bem porque não fiz comida e foi agradável. Mas a tristeza, essa continuou, hoje levantei-me cedo, fomos eu e filhote que está de férias, para casa da mãe, almoçamos por lá e fomos levá-la a cortar o cabelo, depois viemos para casa, ele dorme, eu ando por aqui a tentar desabafar.
Eu penso que neste momento da minha vida, mais uma vez de mudança, mas uma mudança que eu queria, quero, não sei se vai ser o melhor para mim, mas dei como terminado o meu trabalho no call center. Para já não vou voltar. Vou tentar procurar um emprego aqui na minha zona, não por agora, dentro de algum tempo, entretanto vou viver e tentar continuar a ser mais e mais feliz com as minhas escolhas.
Bem vinda Primavera!!!


 Olhem só o que ele faz à gata Boneca?!!!

E a gata quer é brincadeira!!!
SEJAM FELIZES!!!

1 comentário:

  1. Olá!
    Essa tristeza aparece, sem hora marcada, e sem que se saiba bem porquê...
    Custa manda-a embora... Mas longe é onde deve estar... Há que dar, e tentar sempre fazer o que nos torna mais felizes...
    Vamos mudar, vamos ser mais felizes!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar