quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Novembro

E já começou mais um mês, e foi um dia com a mãe, fiz cozido á portuguesa para o nosso almoço, marido e filho foram almoçar e saímos já tarde de pé da mãe com tudo tratadinho. A mãe hoje esteve meia fraca todo o dia, só lhe apetecia estar na cama porque não tinha dormido nada na noite anterior. Ainda fiz com eles uma visita aos meus sogros. depois vim para casa, onde me sentei a descansar até que nos tocam á porta se podíamos descer para nos entregarem uma coisa e que estavam com pressa, a minha Tânia e o marido e o meu afilhado Francisco. Eu não consegui descer, ainda lhes pedi para subir mas eles estavam com pressa também.
Agora já em casa, telefonou-me a mãe que se sentia toda a tremer não sabia se seria falta de comida, pois há muitas horas que nada comia, ou se seria tensão. Fui com o meu marido lá, a tensão estava boa, mas as pulsações estavam muito aceleradas, dei-lhe um calmante, ela comeu e ficou mais tranquila, pobre mãe que só me diz que não quer morrer. Vamos ver como vai ser a noite. Queira Deus que bem, eu também estou um pouco aflita. Será da anemia a falta de apetite? Não sei se não deveríamos ir ao hospital, mas ela recusa-se...Que passe rápido esta noite.





Amanhã ás oito e meia lá estarei...

Sem comentários:

Enviar um comentário