sábado, 21 de outubro de 2017

Sábado

Depois de uma noite bem dormida (mas não tão bem quanto na minha casa) em casa da mãe, o dia foi praticamente todo por lá. Arrumei, limpei , fiz almoço, estendi roupa da mãe, enfim. De manhã enquanto tomávamos o pequeno almoço apareceram as primeiras visitas, inclusive o meu irmão e cunhada, depois do almoço mais visitas, deixei tudo arrumadinho a mãe a caminhar lentamente entre a cozinha e o corredor, estava bem, resolvi vir a casa tomar o meu banhinho, vestir-me e descansar um pouco. Incrível como me sinto muito melhor na minha casa do que na casa da minha mãe, casa onde vivi até aos 23 anos. Depois ainda fomos ás compras, ela toda a tarde esteve acompanhada pelas vizinhas e pessoas amigas. Cheguei ás cinco horas, fazer jantar, jantar e hoje deitei-a e ficou tudo preparado para ela, mas não dormi lá. Deitou-se super cansada, o dia todo nada descansou. Só espero e peço a Deus que ela fique bem. Mas Amanhã antes das nove lá estarei para lhe dar o pequeno almoço, medicamentos e calçar-lhe as malvadas meias brancas que são uma bela tarefa. Só quero vê-la bem rapidamente, e ela tem tanta força de vontade que ás vezes penso que ela não me possa dizer a verdade, só para não me magoar...Disse-me o Fisioterapeuta que gostaria de ter todas as pessoas que trata com a força de vontade da minha mãe e a totalidade de ausência de "sou uma coitadinha". Mulher de garra, lutadora.
Adoro a minha mãe.

Uma rosa que uma querida amiga lhe deixou, obrigada D. Fernanda!

Sem comentários:

Enviar um comentário