sábado, 22 de abril de 2017

Pois é...

Ontem nem passei por cá...na minha vida é sempre assim, quando tudo está bem algo acontece. a minha mãe anda há algum tempo com dores num joelho, fez exames e tem a rotula do joelho direito completamente destruída, tem de ser operada e levar prótese, mas ultimamente as dores e a deslocação da rótula aconteceram tantas vezes que ele andava a medo. Mas de repente o joelho esquerdo tem vindo a piorar e a dar-lhe muitas dores , pensámos que seria o mesmo, fomos ao médico a semana passada, que sem tocar no joelho e só por ela lhe dizer que lhe doía atrás disse que ela tinha um quisto de baker e que ia mandá-la para o hospital para ortopedia, era o que nós queríamos, mas nem lhe receitou nada e ela continuava com dores horríveis, a pôr pomadas eu a dar-lhe comprimidos para as dores, mas...ela não me dizia mais que isto. quis o destino que ontem de manhã o meu filho lá chegasse sem avisar e viu-a a chorar cheia de dores, ligou-me e disse-me, a avó está cheia de dores e só chora, eu ia a chegar a Lisboa, ainda fui trabalhar, porque ela insistia vamos amanhã ou domingo ao hospital. Mas eu achei que só tenho esta mãe, que tanto fez por mim a vida inteira e eu por causa de um dia de trabalho, que passa bem sem mim, vou estar a sofrer e ela também. levantei-me fui dizer à minha chefe vim-me embora e fui com ela ao hospital. demos entrada às 12:48 e saímos ás  17:30 foi um dia e pêras, mas fez rx, o médico apalpou-lhe o joelho e chegou à conclusão que ela tinha uma grande infecção provocada pelo excesso de cuidado ao utilizar o joelho direito sobrecarregou o esquerdo. mais tempo sem anti-inflamatório e ela deixava de andar. Ande de bengala e segundo o médico devia andar de andarilho...ui a cara dela a olhar para o médico, tipo, mas eu sou alguma velha???? E eu a rir. Bom levou uma injecção no rabito, tomou um comprimido, fui comprar mais medicação e repouso. E eu, vim para casa aliviada, o trabalho? logo se verá!



São coisas da minha vida...

Sem comentários:

Enviar um comentário