domingo, 20 de dezembro de 2015

Ás vezes...

mesmo no meio de tanta coisa má, temos boas surpresas...E hoje aconteceu-me uma muito boa, que eu adorei, aliás foi efectivamente o melhor do meu dia. Deixei a minha mãe no hospital para ficar com o meu pai, dar-lhe almoço, uma vez que ele sozinho não come, é suposto as auxiliares darem-lhe a comida, mas primeiro tentam que sejam eles, e como ele treme muito, é mais o que cai do que o que come. Portanto a mãe fica das onze ás quatro e depois vou para o pé dela. Hoje nesse entretanto e como era suposto o meu irmão chegar, eu só a iria buscar a seguir ao jantar, aproveitando por isso para umas compras de Natal, que claro tenho de fazer. Portanto fomos ao Colombo, estava eu na Springfield, e chaga uma "menina" ao pé de mim e diz: Marina, é a Marina certo? eu fiquei um pouco aflita e como ando um pouco aparvalhada, em pânico mesmo respondi sou, mas não me lembro se a conheço, responde ela, conhece ÁDESCAVIR?
Fiquei tão contente por ela me ter reconhecido e ter a coragem de me ter falado, que nem lhe perguntei o nome e outras coisas que agora penso que queria ter perguntado...devia tê-la convidado para um café, mas desculpa, se vieres cá ler, porque eu não ando muito bem aliás como te disse, e tu sabias por me leres. Ela diz que teve vergonha, não devia porque eu amei. Adorava mais surpresas destas, eh, eh.
Depois do Colombo ainda fomos ao El Corte Inglês, dando um pequeno passeio que me soube pela vida, apesar de ser muito rápido, pelo Caminho Amália Rodrigues!
Quanto ao pai, está tudo na mesma, dificuldade em baixar os diabetes, e confusão cerebral, muita.
Amanhã vou tentar falar com a médica...um dia de cada vez.























Boa semana para todos!!!


1 comentário:

  1. Aiiiii eu nem acredito que não me apresenteiii!! Ahahaha, estava mesmo com vergonhaa! Não faz mal, havemos de combinar quando vieres outra vez cá e vamos beber um cafezinho e conversamos um bocadinho :P E força, sim? :) Beijinho grande e boa semana!

    ResponderEliminar