domingo, 4 de outubro de 2015

Já calculava...




que o povo não ia mudar, que tudo ia ficar na mesma, mas a única coisa que me deixa feliz são os resultados do Bloco de Esquerda, pelo menos vão haver pessoas a fazer frente na Assembleia, a lutar por minorias, a mudar algumas opiniões, vamos ver, o resto? mais do mesmo, pessoas que não votam, pessoas que não têm opinião, ou que receiam a mudança.
Continuam a não votar quatro em cada dez portugueses, uma vergonha.
Dizem-se apartidárias, ah!!! Vivem no mesmo pais que nós? Regem-se porque leis? 
Falta-nos garra, força de vontade, vontade de mudar, façam coligações, porquê tanto partido? Para quê? Para aumentar a desunião.

As vencedoras destas eleições!

Resultado de imagem para catarina martins e mariana mortagua

3 comentários:

  1. A opinião da maioria poderá ser um tanto ou quanto irrelevante!
    .
    Explicando melhor:
    - É PRECISO DIZER NÃO AO NAZISMO DEMOCRÁTICO!...
    Isto é: é preciso dizer não ao nazismo democrático e sim ao separatismo, leia-se: é preciso dizer não àqueles que pretendem determinar/negar democraticamente o Direito à Sobrevivência de outros.
    .
    Dito de outra maneira:
    - Todos diferentes, todos iguais!...
    - Isto é: TODAS as Identidades Autóctones devem possuir o Direito de ter o SEU espaço no planeta!...
    {nota: Inclusive as de 'baixo rendimento demográfico'!... Inclusive as economicamente pouco rentáveis!...}
    .
    Uma obs: Devemos estar preparados para a CONVERSA DO COSTUME dos nazis made-in-USA [nota: estes nazis provocaram holocaustos massivos em Identidades Autóctones]: «a sobrevivência de Identidades Autóctones provoca danos à economia…»
    .
    .
    Nota: Nazismo não é o ser 'alto e louro', bla bla bla,... mas sim... a busca de pretextos com o objectivo de negar o Direito à Sobrevivência de outros!
    .
    Os 'globalization-lovers' que fiquem na sua... desde que respeitem os Direitos dos outros... e vice-versa!
    Existem 'globalization-lovers'... e existem 'globalization-lovers' nazis (estes buscam pretextos para negar o Direito à Sobrevivência das Identidades Autóctones).
    .
    .
    .
    P.S.
    -> Uma NAÇÃO é uma comunidade duma mesma matriz racial onde existe partilha laços de sangue, com um património etno-cultural comum.
    -> Uma PÁTRIA é a realização de uma Nação num espaço.
    .
    P.S.2.
    Pelo Direito à Sobrevivência:
    -> http://separatismo--50--50.blogspot.com/
    (antes que seja tarde demais)
    .
    P.S.3.
    Outros Direitos que aqui o je vem divulgando já há alguns anos (comecei nos foruns clix e sapo):
    - O Direito à Monoparentalidade em Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas: ver blog "http://tabusexo.blogspot.com/".
    - O Direito ao Veto de quem Paga: ver blog "http://fimcidadaniainfantil.blogspot.pt/".

    ResponderEliminar
  2. Continuamos na mesma!!!

    Beijo de boa noite
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Quanto ao resto, concordo, mas quanto à abstenção, repara :
    A nossa população anda "grosso modo" pelos 10 milhões.
    Mais de 9.600.000 de eleitores inscritos ... ?!?!?!?
    Devem lá estar os meus netos, os meus avós, os putos dos meus amigos e os pais falecidos dos meus amigos, assim como os meus ex amigos (já falecidos), o bébe na barriga da minha vizinha .... o Camões e o Eusébio .....
    Claro que assim só votam 50% dos inscritos ou menos ...... (ou então não estou a ver alguma coisa...)
    Creio que o que se passa é que os Distritos, as Câmaras Municipais (e respectivas Juntas de Freguesia) nomeiam os seus deputados (mesmo de Freguesia) em função do nº de eleitores inscritos !
    Ora,... interessará tudo, menos "matar os mortos" ! :)))

    Beijinhos Marina ! :))

    ResponderEliminar