quinta-feira, 4 de setembro de 2014

só para dizer ...

Que talvez seja por estar engripada, irrita-me ver tanta hipocrisia pelo facebook, a sério, custa-me.
Outro dia toda a gente reclamava pelo excesso de "pobre Judite", mas agora todos alinharam , e note-se que a mim também me doeu, tanto da Judite como da menina que faleceu ontem, mas ver pessoas que tanto criticaram, agora estão desoladas e cor de rosa, odeio hipocrisia.
Que a menina foi exemplo de coragem, mas esquecem-se que a uma criança (4 ou 5 anos já vi as duas versões)tudo é diferente, não se tem a noção de vida ou morte, estarei errada?
Volto a referir que isto não quer dizer que não sinta uma dor pela sua morte e pela dor dos pais e familiares.
Mas acho tudo um grande exagero.
Eu todos os anos convido várias pessoas a participar em acções de luta contra o cancro, e vou sempre sozinha, depois é isto, serei egoísta????
Ah é mais fácil pôr o facebook cor de rosa, pois é!!!!

5 comentários:

  1. A Nonô para mim era especial. Tenho uma filha com pouco mais que um ano que ela. Eu fui das que contribuí para ela ir à Alemanha. A Nonô lutou como uma Guerreira, coisa que muitos adultos não fazem. Para mim é muito muito mais doloroso a perda de um filho com cancro com esta idade. O facto de ela ser ceifada tão pequena impressiona-me. Pois, Marina, eu contribuo para a luta contra o cancro, dou sangue, sou dadora de medula e contribuo monetariamente, mas não vou a corridas nem coisa do género. Mas estou de luto. Acompanho a Nonô há 15 meses praticamente todos os dias. Ela podia ser uma das minhas. Se tivesses filhos pequenos, talvez entendesses melhor. Mas como sempre tu é que sabes., Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas uma mãe sente diferença entre um filho pequeno e um filho grande?
      Lá chegarás e dir-me-ás se há diferença.
      Ela podia ser uma das tuas e o meu, não achas?
      Beijinho TIMTIMTIM

      Eliminar
    2. Não falo só na mãe dela. Falo no sentimento geral. Todos os anos, quando vou ao cemitério, em Lamego, impressionam-me muito mais as campas de crianças pequenas. E a Leonor era especial. Não estou de cor de rosa em homenagem à mãe, estou em homenagem a ela. Ela era uma menina de Luz. Não é hipocrisia. Hipocrisia foi com a Judite de Sousa, pessoas que tanto a criticavam, virem dizer que ela era a maior quando morreu o filho. Isso sim. Hipocrisia, seria se a Nonô não fosse especial para mim. Se eu não fosse há já muito uma das suas aprendizes.

      Eliminar
  2. Assino por baixo tudo o que disse!!Já não suporto o Face é uma feira de vaidades!! Estou como o CR7, para fazer-mos o bem não é preciso divulgar!! Perdi um Filho com 18 anos a MINHA DOR È IGUAL A TODAS MÃES E PAIS QUE PERDEM FILHOS!!!

    ResponderEliminar