sábado, 12 de julho de 2014

Sábado, inicio de novo ciclo!

Que está a passar tão depressa...como sempre quando se está bem...queria ter ido passear, mas não foi possível, marido trabalhou e amanhã trabalha outra vez...
É o que dá ganhar pouco dinheiro, para se trazer um ordenado "melhor" é preciso trabalhar todos os meses várias horas extra (muitas mesmo), mas o "melhor" é coisa pouca. Coisa que eu não tenho possibilidade, o meu trabalho não tem horas extras, logo trago o que a maioria tráz, e acreditem é pouco.
Os funcionários públicos queixam-se dos cortes, da falta de aumentos, e eu de que me posso queixar? do ordenado mínimo nacional? mas o que nos disseram foi que se os ordenados aumentarem Portugal perde competitividade, que fazer? aguentar e ainda assim fazer cortes mensais para se poder uma vez por ano fazer-se algo que se gosta muito, e sim amiga (tu sabes quem és) tenho viajado uma vez por ano e nada mais, mas faço muitos, muitos cortes mensais em toda a minha vida de consumidora e tento por todos os lado poupar e  aumentar os meus lucros, bem tentei a publicidade no blog, mas...até dá para rir...
Não é meu hábito me queixar, mas também tenho o direito, certo?
Sei que não serve para nada e que isso não me faz feliz nem me ajuda em nada, por isso isto só serve para dizer às pessoas que o fazem constantemente, que não o devem fazer, só põe para baixo quem nos lê ou ouve.
Não quero reclamar, dizem -me todos os dias que reclamar não ajuda, devemos pensar sempre que vamos conseguir, que somos capazes daquilo que quisermos, só tenho pena de de vez em quando ter recaídas, por isso está encerrado o capitulo das reclamações, avancemos para POSITIVIDADE, que é o que me move nesta vida, ser forte e fazer tudo o que me dá prazer, pensando em mim e sempre, sempre nos que me rodeiam, dai o meu ar sempre feliz, que indubitavelmente o sou!



2 comentários:

  1. Para que conste, a amiga em causa sou eu.
    Minha querida, também eu há vários fins de semana que não passeio. Tenho trabalho, muito trabalho. Os passeios são uma questão de opção como te disse. Cada um é feliz à sua maneira e tu és feliz à tua e assim é que tem de ser. Cada um vive o seu sonho como quer. O que interessa mesmo é vivê-lo! Anima-te e vive cada dia intensamente, para o bem e para o mal. Não desperdices o teu tempo com azedumes.

    ResponderEliminar
  2. Ter sonhos já é meio caminho andado...como o código postal! :)

    Abraço

    ResponderEliminar