sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Esclarecimento sobre o facebook...

Aqui num post atrás, quando falei no facto de haver pessoas que estão todo o dia no facebook, e referi que ser pobre e ser honesto é mau, quis apenas dizer que o facto de se estar no facebook todo o dia e ao mesmo tempo "fazer-se" que se está a trabalhar não é honesto.
Ou quando se está a trabalhar a tempo total, com garra e vontade e se está a navegar no face, sairá o trabalho bem feito? Está-se a fazer tudo o que se pode? ou se está a ser desonesto com o trabalho? Ou com a entidade patronal?
Eu já estive num trabalho onde tinha o facebook aberto, e só ia espreitar de vez em quando e vi algumas colegas que ficavam o dia inteiro, e via o que elas trabalhavam, e ao fim do dia estavam estafadas de tanto trabalhar.... e até ficavam a fazer horas extras, porque tinham muito trabalho, era só a isso que me referia, claro que eu aprecio a honestidade e sou honesta, nem sequer ponho isso em causa, desonesto é quem diz estar muito cansada, do trabalho e esteve todo o dia a facebookar, certo???
Mas que deve ser bom deve, continuo a dizer tenho pena de não ter tido algumas oportunidades na vida, que me permitissem estar todo o dia na net, lá está, ou ser desonesta a fazer que trabalho e ...
Não se ofendam se são concordam, às vezes tenho direito a uma opinião, certo????

imagem da net


4 comentários:

  1. Tens toda a razão, eu estou todo dia no facebook porque estou em casa, mas quando estava a trabalhar tinha colegas dessas, das que ficavam depois da hora mas no hora do trabalho era só net. Olha, e elas ficaram quem saiu fui eu. Vale a pena ser honesto? ás vezes parece que não.
    bjos

    Maggie

    ResponderEliminar
  2. Tens direito a todas as opiniões Marina, aliás concordo inteiramente!
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
  3. Como reformado, e para já, tenho todo o tempo do mundo. No entanto, as minhas obrigações familiares e domésticas levam-me a gerir bem o meu tempo para conseguir fazer o que preciso.
    Mesmo assim, e por iniciativa própria, não estou todo o dia ao computador nem de telemóvel na mão, pois a vida tem muito mais para dar e ser aproveitado, do que estar permanentemente "ligado".
    É fácil de ver quem está permanentemente ligado na hora do patrão, ou em casa, e as pessoas são as primeiras a dar a entender isso mesmo.
    Pessoalmente sou contra (mas cada qual sabe da sua vida) de estarem na hora do patrão nas redes sociais, nos blogues ou simplesmente a viajar na net. Na última empresa onde trabalhei antes de me reformar, os funcionários estavam avisados que o gestor do sistema informático controlava o acesso à net e era proibido aceder ao nosso mail pessoal na hora do patrão.
    Nessa altura ainda não existiam smartphones, mas os poucos que tinham um simples telemóvel, só o podiam usar fora da hora do expediente ou... ás escondidas. E isto não é anedota, pois toda e qualquer chamada teria que passar pela central telefónica.
    A empresa ainda hoje funciona e mantém a mesma política.

    Todos têm o direito a ter uma opinião. Posso não concordar, mas devo respeitar.

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar