terça-feira, 12 de novembro de 2013

Uma terça diferente!

E foi mesmo uma terça feira diferente, a fazer um produto, que para mim foi a primeira vez, faz-se muito bem massa, carne, fiambre e queijo, "fremix", rápido e certinho. Mas o melhor de tudo foi que sem sair da fábrica estive o dia todo na Rússia...Éramos duas Portuguesas e sete Russas (Ucranianas e Moldavas) que entre si só falam a sua lingua...eu estava no meio delas...não percebo uma única palavrinha do que elas dizem, e muito de vez em quando, mas mesmo muito lá me dirigem a palavra em Português. Se hoje todo o dia disse dez palavras, foi muito...logo eu que gosto tanto, mas tanto de conversar...
Amanhã será igual...
E pronto é assim a vida de uma empregada fabril, que muito feliz está por ter trabalho e por no final do mês ter o seu vencimento certinho.


12 comentários:

  1. eheh... Procura o lado positivo !... :)) Aprender alguma coisa de russo ! rsrs

    Bj. :)))
    .

    ResponderEliminar
  2. Temos mesmo de agradecer os nossos trabalhos... Ainda por cima no meio dessas coisas boas!!

    ResponderEliminar
  3. Prefiro os doces aos salgados, mas esses "fremix" estão com um aspecto divinal!

    Fala com elas em português. Talvez se sintam acanhadas!

    Vais ver que logo...logo...serão amigas!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Tu vais ficar uma "expert" em doces e salgados. Quanto ao russo, mete tu conversa com elas ;)

    ResponderEliminar
  5. Pelo menos assim não há problemas. Sem conversas não há intrigas. ;)
    Tens de ter paciência. São os ossos do ofício.
    beijinho

    ResponderEliminar
  6. Oi, Amiga!
    Senti saudades de você, Marina... estava atarefada.

    Que belas guloseimas vocês fazem nesta fábrica! Deve ser interessante trabalhar com estrangeiras. Aqui é raro, só tem o Carlos, um português de Oliveira do Hospital que ajuda na oficina do Esposo.

    Beijos procê!

    ResponderEliminar
  7. O segredo é mesmo esse: ver o copo sempre meio cheio!
    Cláudia

    ResponderEliminar
  8. Podes sempre tentar aprender russo...e ensinar-lhes português, quem sabe no meio disto tudo pode ser uma experiência muito positiva.
    Eu perdia-me a trabalhar no meio de tanta coisa boa, rs...rs...rs...lá se ia a minha dieta.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. passar o dia quase sem falar é tão mau [acontece-me isso quase todos os dias]

    ResponderEliminar
  10. E que um destes dias vai encontrar um trabalho na sua área que eu sei e tu mereces!!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  11. Gosto tanto, mas tanto desse teu espírito positivo e de lutadora!

    ResponderEliminar