quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Fazer o bem...

Eu sou uma pessoa muito refilona, posso às vezes ser agressiva, mas adoro fazer o bem, mesmo, acreditem...Tento não ser malcriada, mas às vezes é difícil...Acredito na Lei do Retorno, se fizeres o bem ele para ti vem, e vivo a minha vida baseada nisso...
Como todos sabem tenho vivido uns tempos conturbados e nada fáceis, um dia bom outro mau...e começo sinceramente a ficar desiludida com a Lei do Retorno...
Enfim, nas esperança de melhores dias, pouco tenho descansado,  mas hoje o filhote amanheceu sem febre, o que queria aparecer, foi vencido pelo organismo dele, e hoje só dorme...a mãe não...estou exausta.
Acordei bem cedo, fui com a mãe às compras e levei-a mais uma vez a ver o irmão ao Centro de dia...hoje custou-me, ele chorou por não ver os filhos e netos...
Agora ainda estou pior, vou tentar dormir uma hora ver se fico melhor até ir trabalhar...
Sejam felizes, embora nem sempre seja fácil...




Pobre tio...pobre mãe...
Não esqueçam os vossos idosos, não olhem só para o vosso umbigo, pensem nos outros!


7 comentários:

  1. Faço os possíveis para praticar o bem mas não é a pensar na Lei do Retorno porque não acredito nela! :)

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Tal como a Rosa dos Ventos, não acredito na Lei do Retorno...temos que fazer o bem porque sim e pronto. Embora nem sempre seja fácil!

    ResponderEliminar
  3. Mais cedo ou mais tarde a vida devolve sim... nunca ao nosso tempo mas ao tempo da vida...

    Um beijo docinho xxx

    ResponderEliminar
  4. Oh amiga! Eu acredito que mais tarde ou mais cedo a vida, sim, irá devolver os bons momentos!
    Acredita sempre!
    Daqui envio-te energias positivas para que tudo melhore! :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Também não acredito na lei do retorno.Procuro fazer o bem o que por vezes é difícil!!!

    A vida é assim...dias Sim , dias Não!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  6. Acredito que fazer o bem nos faz bem...logo no momento...mais não sei...mas sei como é difícil tudo o que diz respeito aos nossos idosos...é doloroso vê-los envelhecer...ver a sua fragilidade, dependência a crescer e conseguir ajudá-los como necessitam...!
    Não a vida nem sempre é fácil...mas temos de seguir em frente mesmo assim!!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  7. Olá Marina

    A minha máxima (e segundo a qual eduquei o meu filho) é um nadinha diferente e diz «faz aos outros aquilo que gostarias que te fizessem a ti»... ou então pela negativa «não faças aos outros aquilo que não queres que te façam a ti».

    Procurarmos ser felizes passa também por tentarmos sempre ser melhores seres humanos, caminhada que nunca está completa já que todos temos na nossa vida momentos e momentos menos bons.

    Desejo-te uma vida cheia de bons momentos
    Um beijinho
    (^^)

    ResponderEliminar