sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Quem me conhece bem sabe que eu adoro dar!
Gosto muito mais de dar do que de receber, adoro mimar as pessoas que gosto, dar aquilo que sei que as pessoas que eu gosto, gostariam de receber.
Dar por dar, a mim não me diz absolutamente nada, posso ouvir uma pessoa dizer que precisa disto ou daquilo, mas que quer comprar, e que gosta de receber é esta ou aquela prenda. Eu nunca iria contra essa opinião da pessoa, se precisa de um tacho, mas adora receber livros eu nunca, mas nunca lhe daria um tacho e sim dar-lhe-ia um livro.
Adoro ver a cara de satisfação de quem recebe, e ficar por vezes comovido e surpreso.
Infelizmente com a conjuntura actual isso nem sempre é possivel, mas mesmo assim tentei este Natal dar aquilo que as pessoas gostam e não comprei só porque tinha de comprar algo, e acho que todas as pessoas a quem dei gostaram. E isso deixou-me feliz .
Outra coisa que deixei de fazer foram os chamados por mim "fretes", eu dava prendas a algumas pessoas, que se sentiam na obrigação de retribuir e retribuiam sem pensar no que eu gostaria ou não, portanto fiz selecção e fiquei bastante feliz com isso. Se tivessem VONTADE de dar davam e não deram...
Gostei...
Quando se quer dar não é preciso receber, ou é????
Costumo dizer que quanto mais conheço algumas pessoas mais gosto do meu cão...




1 comentário:

  1. Dar não implica receber.
    Pior é quando se dá à espera do que do outro lado há-de vir.

    ResponderEliminar